Olá, seja bem-vindo (a)!
Segunda-feira, 23 de Abril de 2018
NOTÍCIAS
26-12-2017 | 11:27
Ministro das Cidades tenta compensar cortes no Minha Casa, Minha Vida
A previsão do Executivo é entregar 75 mil moradias pelo Minha Casa, Minha Vida, no primeiro semestre do ano que vem.

Agência Câmara

Para compensar o corte orçamentário no Programa Minha Casa, Minha Vida, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, negocia com o Ministério do Planejamento a liberação de recursos. Para 2018, o programa terá um corte de R$ 1,2 bilhão, de acordo com a Lei Orçamentária Anual.

Mas, segundo o ministro, é preciso rever isso esse cenário porque a iniciativa é uma das mais importantes do governo federal, uma vez que leva emprego e renda com as contratações para a construção das moradias.

Segundo Alexandre Baldy, a equipe econômica está sensível ao pedido. O ministro, no entanto, não informou os valores que são negociados.

A previsão do Executivo é entregar 75 mil moradias pelo Minha Casa, Minha Vida, no primeiro semestre do ano que vem.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, desde o início do programa, em 2009, mais de 14 milhões de pessoas já foram beneficiadas, com a entrega de cerca de 3,5 milhões de moradias, em todo o país.

Danyele Soares, Radioagência Nacional
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Intermunicipal
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Centro Político Administrativo
Centro Sindical do Sistema FIEMT - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Tel.: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web