Olá, seja bem-vindo (a)!
Domingo, 21 de Janeiro de 2018
NOTÍCIAS
22-12-2017 | 09:56
Estado planeja reforma administrativa; meta é economizar R$ 800 mi
Equipe econômica do governo do Estado ainda vai avaliar qual será o impacto financeiro.

Secom/AL-MT

Visando contenção de despesas, o governo do Estado planeja encaminhar até o primeiro trimestre de 2018 uma proposta de reforma administrativa para ser aprovada na Assembleia Legislativa. De acordo com o presidente do Legislativo, deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), a equipe econômica do governo do Estado ainda vai avaliar qual será o impacto financeiro. 

A reforma administrativa pode culminar em fusão ou extinção de secretarias de Estado e autarquias, e será discutida em conjunto com os parlamentares para aprovação final. 

“Nós ainda vamos discutir qual o melhor modelo de reforma administrativa se aplica a Mato Grosso. Após a aprovação da emenda constitucional do teto dos gastos públicos, o governador Pedro Taques sinalizou que está disposto a aperfeiçoar a estrutura administrativa visando mais eficiência nos gastos públicos”, declarou Botelho. 

Com a aprovação pelo Legislativo e promulgação da emenda constitucional do teto dos gastos públicos, Mato Grosso planeja economizar até R$ 800 milhões.

Além disso, a emenda permitiu ao Estado aderir a lei complementar 156/2016 aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República Michel Temer (PMDB) que autoriza a renegociação de R$ 2,2 bilhões da dívida que Mato Grosso mantém com a União na ordem de R$ 6,6 bilhões. 

A lei ainda prevê a obrigação de os Estados que alongarem o prazo da dívida limitarem, nos dois exercícios subsequentes à assinatura do termo aditivo, o crescimento anual das despesas primárias correntes à variação do IPCA, excluindo os montantes relativos a transferências constitucionais a municípios e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP). 

Mato Grosso ficará ainda autorizado a renegociar dívidas contraídas com a Caixa Econômica Federal e o BNDES. 

Ambos autorizaram empréstimos superiores a R$ 2 bilhões nos últimos anos em decorrência da participação de Cuiabá na Copa do Mundo de 2014.

Rafael Costa, Diário de Cuiabá
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-MT)
Avenida Tancredo Neves, 93 - 2· andar - Bairro Jardim Petrópolis - Cuiabá (MT)
CEP 78070-122 - Fone: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web