Olá, seja bem-vindo (a)!
Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
NOTÍCIAS
29-06-2010 | 11:59
Confiança do brasileiro está em alta
A indústria brasileira continua otimista, com destaque para o humor dos dirigentes de grandes empresas. O registro foi feito há dois dias pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A indústria brasileira continua otimista, com destaque para o humor dos dirigentes de grandes empresas. O registro foi feito há dois dias pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) ficou em 66 pontos em junho, apenas 0,3 ponto abaixo do nível de maio. Ainda assim, o indicador ficou 6,8 pontos acima da média histórica.

Nas companhias de grande porte, o otimismo atingiu 67,1 pontos, maior que os 65,9 registrados nas de médio porte e dos 64,6 verificados nas pequenas indústrias, é o que mostram os índices e seu estudo. Segundo a gerente executivo de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca, as grandes empresas geralmente são mais otimistas porque, além de atenderem a mercados maiores, enfrentam menos dificuldades do que as medias e pequenas. "As grandes têm mais acesso a capital de giro", destacou em comunicado. A construção civil é a atividade com o maior índice de otimismo.

As expectativas dos empresários sobre o crescimento da economia nos próximos seis meses permanecem positivas, apesar da pequena queda vista em junho. O índice das expectativas caiu de 69,1 pontos em maio para 68,6. O Icei varia de zero a 100 - valores acima de 50 indicam empresários confiantes. A pesquisa foi feita com 1.651 empresas, entre 31 de maio e 22 de junho.

Brasileiro otimista

0 brasileiro é o cidadão que mais aumentou o otimismo em relação à economia de seu próprio país, segundo estudo realizado pelo instituto de pesquisa Ipsos. Até o mês passado, 39% da população mundial consideravam a economia doméstica boa. No Brasil, esse percentual avançou cinco pontos entre abril e maio e chegou a 65%. Depois do Brasil, a Arábia Saudita, a Suécia e o México foram onde mais essa boa percepção melhorou. A economia com melhor desempenho foi a indiana, com 85%.

De acordo com o Ipsos, algumas nações envolvidas na crise europeia tiveram as maiores quedas, como a Alemanha, que reduziu o percentual em sete pontos, para 37%; a Grã-Bretanha, com queda de cinco pontos (para 13%); e a Itália, com recuo de três pontos (para 14%), A China também aparece entre os maiores recuos (três pontos), atingindo 78% 0 maior nível de otimismo global ocorreu em abril de 2007 (66%); o mais baixo (29%), em abril de 2009. (Fonte: Correio Braziliense, com texto de Gabriel Caprioll)

Assessoria do Sinduscon

Telefone: 9245 1472 
Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Sinduscon-MT
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193, Centro Político Administrativo
Centro Sindical do Sistema FIEMT - Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Tel.: (65) 3627-3020
Anuncie - Política de Privacidade
2014 -Todos os Direitos Reservados
V3 Agência Web